Informativo
  • MultaO descarte irregular de lixo ou entulho pode resultar em multa de até R$ 1 mil. Em casos de resíduos da Construção Civil (RCC), o valor pode chegar a R$ [...]
  • Emoção marca homenagem a ex-diretor  Com a presença dos filhos Eric e Priscila e da esposa Silvia Heleno Gallo Nogueira, a Codesavi prestou uma homenagem ao ex-diretor de Suprimentos Valdemar Pereira Nogueira Filho, morto, aos [...]
  • Café da manhã orienta sobre câncer de próstataOs homens vivem, em média, 7 anos a menos do que as mulheres. A razão disso é que eles fazem muito menos exames preventivos de saúde do que elas. Esse [...]

Cata Treco supera 4 mil atendimentos em 2019

Artigo   5 Comentários
Espaçamento entre linhas+- ATamanho da Fonte+- Imprimir este artigo
Cata Treco supera 4 mil atendimentos em 2019

O Cata Treco, serviço da Codesavi responsável por recolher móveis velhos, eletrodomésticos que não são mais usados e restos da Construção Civil (RCC), já superou a marca de 4 mil chamados atendidos este ano.

Dados da Diretoria de Limpeza Urbana da Codesavi mostram que em janeiro foram realizados 1.603 atendimentos e, em fevereiro, 2.114 chamados atendidos. Nos 10 primeiros dias de março as equipes atenderam mais de 300 pedidos, superando a marca de 4 mil atendimentos em 2019.

A pedido do prefeito Pedro Gouvêa, após o período de enchentes em fevereiro foi montado um esquema de horário estendido de recolhimento do Cata Treco, já que muitos moradores acabaram perdendo móveis e eletrodomésticos com as fortes chuvas que atingiram São Vicente e outras cidades da Baixada Santista.

A média de chamados atendidos em 2018 já superava a marca de 1.500, e se intensificou no fim do ano: 1.833 em outubro, 1.881 em novembro e 2019 em dezembro.

Gratuito, o Cata Treco atende por agendamento, que pode ser feito de segunda a sexta-feira. Os moradores da Área Insular devem solicitar as retiradas pelos telefones 3464-7158 e 3462-9740, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Na Área Continental, o número é o 3566-6546, que funciona das 7h às 11h e das 13h às 17h. O prazo de recolhimento é de três a cinco dias úteis.

O presidente da Codesavi, Osvaldo Bueno Júnior, lembra que, ao fazer o agendamento, o morador tem de colocar junto ao material a ser recolhido o número do protocolo passado pelas equipes. Isso pode ser feito em uma folha de papel colada ao móvel, ou diretamente no material.

“Este procedimento é muito importante porque, ao colocar o material na calçada, após o agendamento, esta informação do protocolo mostra às equipes de limpeza que não se trata de um descarte irregular de entulho, prática passível de multa que pode chegar até R$ 2 mil”, explica Bueno Júnior.

Entre os objetos que podem ser descartados no Cata Treco estão sofás, cadeiras, mesas, camas, estantes, além de eletrodomésticos sem uso. Nos casos de reforma, são aceitos até 5 sacos de entulho (um metro cúbico) – acima deste volume, a recomendação é a contratação de empresa especializada em recolher este tipo de material.

Para Osvaldo Bueno Júnior, “os números mensais do Cata Treco mostram que os moradores de São Vicente estão cada vez mais conscientes que são parceiros fundamentais em nossa missão de deixar a Cidade cada vez mais limpa e do jeito que todos querem”.

Artigo   5 Comentários