Informativo
  • Codesavi firma parceria com a FortecDando sequência aos convênios da Codesavi com empresas de São Vicente para que seus funcionários obtenham descontos, a Escola e Faculdade Fortec aderiu a esta parceria. O desconto é de [...]
  • Arte em material descartadoPneu velho, madeira e outros produtos que as pessoas costumam descartar. Com técnica, paciência, esforço e criatividade, tudo isso vira peça de artesanato nas mãos de Valter Roberto Costa Aguiar [...]
  • Codesavi participa de Fórum de Compras Públicas  Um  dia importante para empresas e empreendedores de São Vicente. Desta forma o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Relações do Trabalho, Jorge Luiz Soares, definiu o 1º [...]

Codesavi participa de Fórum de Compras Públicas

Artigo   0 Comentário
Espaçamento entre linhas+- ATamanho da Fonte+- Imprimir este artigo
Codesavi participa de Fórum de Compras Públicas

 

Um  dia importante para empresas e empreendedores de São Vicente. Desta forma o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Relações do Trabalho, Jorge Luiz Soares, definiu o 1º Fórum Regional de Compras Públicas, realizado nesta quarta-feira (23 de maio) na Câmara Municipal.

Ele ressaltou que espera reverter  o atual cenário do setor de compras públicas, onde a maioria das empresas vencedoras de licitações públicas são de outras cidades, e não de São Vicente, e até de outras regiões da Cidade.

Para a vice-prefeita de São Vicente, Maria de Lourdes dos Santos Oliveira, a Professora Lurdinha, a realização do evento foi importante “porque precisamos fortalecer o comércio em nossa cidade, criando,  dessa forma, mais empregos”.

Representando a Codesavi, o diretor de Suprimentos, Gean Maike Cardoso da Silva, fez um alerta às empresas da Cidade e da região para participarem mais de licitações em São Vicente. Ele também falou da importância do processo de pesquisa de preços. Aos empresários, Gean Maike disse que a intenção das administrações municipais não é comprar pagando preço abaixo do mercado, gerando prejuízo aos comerciantes e fornecedores, mas os administradores também estão atentos para que se pague o preço justo pelo bem ou serviço contratado.

O secretário-adjunto de Governo de São Vicente, Leandro Matsumota, lembrou que o processo de licitação remete ao tempo do Império Romano. 462 424 425

Artigo   0 Comentário